Páginas

domingo, outubro 09, 2011

Feliz...

Eu fico feliz com aquele seu modo de sorrir e de reclamar, porque me faz sorrir junto e me faz reclamar junto. Gosto da incógnita que você é mais não gosto quando eu não consigo descobrir nada além do que você diz. Eu sou previsível demais, sempre do mesmo jeito. Você, que parece tão mais previsível que eu, sempre diferente. Me calo e penso, fecho os olhos e só sei que quando você está perto eu me sinto feliz. Eu me sinto protegida. Eu me sinto. Um abraço e toda a eternidade é o seu abraço. Todos os tempos e passados e futuros dissolvidos apenas ao presente. Dissolvidos apenas no olhar. Dissolvidos apenas no seu beijo.
Histórias bonitas são escritas quando a gente decide que vai escrever. Eu decidi.

2 comentários:

Cinthia Paiva disse...

hihi...

Sou aquela... disse...

Sabias Palavras...