Páginas

quarta-feira, março 09, 2011


Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço,
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto.
Sou uma mulher que balança,
Sou uma criança que atura.

Martha Medeiros

Nenhum comentário: