Páginas

segunda-feira, fevereiro 28, 2011

"Melhor o velório pessoal, a dignidade do desejo. A vingança é tentar se poupar do próprio sofrimento. Apressá-lo. Não adianta. O outro vai se sentir ainda mais poderoso, mais influente, mais amado."
(...)
"Costumo brincar que namoro que demora mais de dois anos vira amizade. Sou casamenteiro. Não podemos facilitar. Da próxima vez, casa para depois namorar. Planejar é adiar o amor, é procurar uma desculpa para não se entregar agora."

Fabrício Carpinejar

Nenhum comentário: