Páginas

sexta-feira, fevereiro 27, 2009

... somos quem podemos ser... sonhos que podemos ter...


"Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar."


"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil."    

 - Clarice Lispector -

Nenhum comentário: